Ao anunciar novas medidas, governador confirma que as aulas serão remota no Amazonas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Novas alterações anunciadas pelo governador Wilson Lima, nesta sexta-feira (29). Por meio de live, o governador disse que a restrição de 24 horas foi prorrogada, ou seja, será mantido para o próximo mês. No entanto, Wilson Lima ampliou o horário de funcionamento de alguns estabelecimentos. A nova medida será mantida até o próximo dia 7 de fevereiro.

“Essa decisão é necessária. Não é a que eu quero, mas é necessária. […] É uma decisão em que exige sacrifício de todos. Hoje todo mundo tem um parente ou um amigo acometido com covid-19. […] Todos nós estamos em uma guerra e precisamos ficar todos unidos” frisou Wilson Lima.

Segundo o governador, na segunda-feira (1/2) será divulgado os detalhes quanto ao retorno às aulas, que ele adiantou serão remotas, por meio da TV Encontro das Águas.

Com o novo decreto que passa a valer na próxima segunda (1), ficou definido a suspensão do ponto facultativo do Carnaval, que seria entre os dias 16 e 16 de fevereiro, mas devido o avanço da pandemia de covid-19 não será permitido nem a festa nem o feriado. E que para garantir que os cidadão não saiam de casa, o ato simbólico terá essa medida em forma de decreto, como forma de manter as restrições e assim evitar aglomerações.

Flexibilização de horários

Com a nova medida, foram estendidos os horários de funcionamento das feiras, que será das 4h às 15h. O funcionamento de fábricas de itens para embalagem de alimentos, bebidas, limpeza, higiene pessoal e remédios, bem como sacolas de supermercados está liberado. Para as lojas de material elétrico, hidráulicos, pneumáticos, peças de veículos como ônibus, caminhão e ambulâncias vão ser permitidos na forma de delivery.

O governador Wilson Lima pediu que a população não saia de casa, somente se extremamente necessário. E que só é permitido idas aos supermercados, farmácias, urgências e emergências médicas.

Wilson Lima apelou que todos contribuam no sentido de ajudar os profissionais de saúde, que estão dando o seu máximo.

Transparência

Entre as medidas anunciadas, o secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, que também participou da live, relatou que há transparência total dos dados de pessoas vacinadas no Estado. Ele mostrou por meio de dashboard (painel de informações) o número de vacinados e de pessoas em leitos quem estão na fila de espera de leitos para tratamento de covid-19, e que uma equipe de profissionais está acompanhando os doentes e seus familiares, inclusive com serviço psicossocial, segundo o secretário, tudo está sendo disponibilizado para quem quiser conferir em tempo real no site oficial do Governo, com boletins diários.

Ainda de acordo com Marcellus Campêlo, todos os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde no quis diz respeito a vacinação contra a covid-19 está sendo obedecido e informado nas páginas do órgãos oficiais, inclusive, com os dados do interior do Estado.

Assista a live