Criança morre ao sofrer hemorragia durante extração de dente em clínica

Compartilhe:

Anthony Bernardo da Silva Souza de 10 anos morreu ao sofrer hemorragia enquanto extraia um dente em uma clínica odontológica localizada na cidade de Igarapé, em Mina Gerais, nessa segunda-feira (20).

O garoto já tinha se consultado no consultório no sábado (18) e retornou para fazer o procedimento ontem, mas saiu de lá em uma ambulância e morreu minutos depois no hospital.

A médica contou à polícia que o procedimento corria dentro da normalidade após ela ter checado os exames pré-operatório e que percebeu a hemorragia logo que começou a extração.

Temendo algo errado, ela acionou uma segunda profissional que terminou a extração e que chamou um terceiro colega para controlar a hemorragia.

Logo depois, o estado de Anthony piorou ainda, começou a vomitar e desmaiou. Ele deixou a clínica em uma ambulância, recebendo massagem cardíaca.

Após a morte do menino, a mãe contou que só autorizou o procedimento porque a dentista confirmou, ao olhar os exames, que seria possível fazê-lo sem riscos.

A dentista, por sua vez, afirmou que indicou um tratamento de canal e não a extração, mas a mãe afirmou que não teria dinheiro para pagar e optou pela extração, que custava R$ 180.

As profissionais envolvidas no atendimento foram à delegacia e prestaram esclarecimentos, em seguida foram liberadas. O caso vai ser investigado e o corpo de Anthony passará por perícia para revelar o que causou a morte dele.