Criança morre ao sofrer hemorragia durante extração de dente em clínica

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Anthony Bernardo da Silva Souza de 10 anos morreu ao sofrer hemorragia enquanto extraia um dente em uma clínica odontológica localizada na cidade de Igarapé, em Mina Gerais, nessa segunda-feira (20).

O garoto já tinha se consultado no consultório no sábado (18) e retornou para fazer o procedimento ontem, mas saiu de lá em uma ambulância e morreu minutos depois no hospital.

A médica contou à polícia que o procedimento corria dentro da normalidade após ela ter checado os exames pré-operatório e que percebeu a hemorragia logo que começou a extração.

Temendo algo errado, ela acionou uma segunda profissional que terminou a extração e que chamou um terceiro colega para controlar a hemorragia.

Logo depois, o estado de Anthony piorou ainda, começou a vomitar e desmaiou. Ele deixou a clínica em uma ambulância, recebendo massagem cardíaca.

Após a morte do menino, a mãe contou que só autorizou o procedimento porque a dentista confirmou, ao olhar os exames, que seria possível fazê-lo sem riscos.

A dentista, por sua vez, afirmou que indicou um tratamento de canal e não a extração, mas a mãe afirmou que não teria dinheiro para pagar e optou pela extração, que custava R$ 180.

As profissionais envolvidas no atendimento foram à delegacia e prestaram esclarecimentos, em seguida foram liberadas. O caso vai ser investigado e o corpo de Anthony passará por perícia para revelar o que causou a morte dele.