Covardia: jovem leva tiro na cabeça durante assalto a ônibus em Manaus

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Durante a noite desta quinta-feira, um jovem identificado até o momento como Melquisedeque, de 20 anos, levou um tiro na cabeça e veio a óbito no local após, segundo informações, se negar a entregar celular para assaltantes de ônibus.

O jovem que era funcionário da Bemol, voltava do trabalho quando, segundo testemunhas, três homens vestidos de gari anunciaram o assalto. Os assaltantes desviaram a rota do ônibus, que seguia na Torquato Tapajós e foi obrigado a ir para a Av. Santos Dumont, que é rota para o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

Em frente ao aeroporto o jovem negou entregar o celular, e os assaltantes atiraram sem misericórdia na cabeça do rapaz que estava apenas no caminho de volta para casa, para encontrar sua família.

Outras testemunhas também contam que o jovem entregou o celular e mesmo assim atiraram covardemente contra o rapaz.

Os vagabundos desceram em frente ao aeroporto e entraram em um carro, que estava aguardado para dar assistência na fuga dos criminosos.

Outros passageiros filmara e registraram a trágica cena.