Familiares pedem justiça após homem ser morto com facada durante assalto em Manaus

Compartilhe:

Manaus – Os familiares de José Roberto Barbosa, 44, morto com uma facada no peito durante um assalto em um transporte público da linha 640 na noite desta terça-feira (22), pedem justiça pelo crime. José estava a caminho do aniversário do filho de 13 anos em um shopping localizado na zona norte e não resistiu e morreu na calçada perto da Delegacia.

A companheira da vítima identificada como Cleonice Barbosa, 37, informou a nossa equipe de reportagem como foi a ação dos criminosos no momento do assalto.

“No momento que eles passaram para frente com a arma, falando pro motorista não parar para ninguém, que era um assalto. Meu esposo colocou o celular para baixo do banco, eu também peguei minha bolsa e joguei debaixo da carteira e empurrei com o pé assim. Eu estava com minha filha pequena no colo. Meu esposo estava em pé, com as mãos no ferro, quando ele veio de lá violento e disse: “Não fura, não fura, a gente só quer o celular”.

Ainda de acordo com a companheira da vítima, os criminosos foram rápidos na ação. “Foi muito rápido ele tirou a faca aí meu esposo começou a cair, ele ainda tentou colocar o braço para defender da faca mas não conseguiu.” disse Cleonice.

“Só sei que eles entraram, não sei aonde desceram, e eu fiquei preocupada com minhas filhas que estavam chorando, minha filha chorava. Ele (José) só falou relaxa. O pessoal estava em cima dele, pessoal colocou uma blusa estancando o buraco. Ele disse relaxa e caiu do lado. O pessoal disse ‘acelera’, que eles viram que os bandidos já tinham saído. Quando chegou em frente da delegacia perto do T3, eles pediram para parar. Ele (motorista) queria levar até o (SPA) Danilo Corrêa mas o povo pediu para parar e aí eles desceram para tirar o meu esposo. Ele ainda estava com um pouco de vida esperando o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas aí quando chegou, ele já tinha falecido.”

A companheira da vítima informou a nossa equipe de reportagem que os criminosos aparentavam ter de 20 a 25 anos. “Eu peço ao governo ao estado para ver alguma coisa, ver o que que façam para resolver essa situação” finalizou  Cleonice.

O Corpo de José Roberto Barbosa, vai ser velado em uma igreja do bairro Novo Israel. O enterro será no Cemitério Aparecida. José Roberto Barbosa deixa seis filhos.

Veja vídeo do depoimento:

Fonte: D24am