Mulher de dono do Vitória, roubava o marido para dar dinheiro ao amante.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Jordana Azevedo Freire, esposa do proprietário da rede de supermercados Vitória, não só mantinha um caso extraconjugal com o sargento do Exército e genro do dono do Hospital Santa Júlia, Lucas Ramon Silva Guimarães, mas também desviava dinheiro da empresa do marido para dar ao amante.

Segundo a polícia, Joabson Agostinho, marido de Jordana, descobriu que a mulher além de traí-lo, também dava parte do seu dinheiro ao amante.

Lucas, o amante.

Joabson chegou a confrontar Lucas e o militar decidiu então, devolver o dinheiro ao empresário.

“Lucas Ramon devolveu uma quantia de R$ 200 mil que foi pego por um funcionário do Vitória no Batalhão do Exército onde Lucas trabalhava. Inclusive nós temos fotos desse funcionário pegando a encomenda a pedido da dona Jordana”, explica a delegada Marna de Miranda.

A esposa de Lucas, confirmou aos investigadores que por várias vezes viu o marido com grandes quantias de dinheiro.

Ela também destaca que após descobrir o caso da esposa, Joabson chegou a agredi-la fisicamente. As agressões foram relatadas pela própria vítima para a mãe e a irmã dela.

Mesmo assim, os dois seguiram com o relacionamento e a polícia tem indícios de que ambos fugiram juntos. A delegada afirma ainda, que Jordana sabia que Lucas iria morrer e manteve silêncio, por isso, é apontada como participante no crime.

Lucas foi assassinado com três tiros na cabeça dentro de sua cafeteria no dia 1° de setembro. Um pistoleiro, ainda não identificado, foi contratado por Joabson para cometer o crime.