Repórter do Radar Amazônico ‘enlouquece’ durante coletiva de imprensa após ser desmentido por Prefeito

Compartilhe:

Um repórter do Radar Amazônico, Adriano Santos, ‘enlouqueceu’ durante a coletiva da Prefeitura de Manaus, onde o Prefeito David Almeida desmentia as fakes news contra a sua eleição em 2020.

Revoltado, Adriano gritou e supostamente agrediu algumas pessoas presentes após David Almeida desmentir afirmações feitas contra ele.

Vários vídeos foram gravados e em um deles mostra o momento em que o repórter está indignado, gritando e afirmando que os colegas de profissão presentes eram comprados pelo gabinete do atual chefe municipal.

Prefeito David Almeida se manifestou à respeito do vídeo nas redes sociais, em nota: “Estou indignado que um suposto relatório de 2020 só tenha sido vazado dois anos depois e, coincidentemente, a 9 dias do segundo turno das eleições para o Governo do Amazonas. Pedirei na Justiça a cópia desse relatório para que, então, possa me pronunciar. Desde já, repudio todas as afirmações que possam nos ligar a qualquer ato ilícito e buscarei a devida reparação cível e criminal contra qualquer exploração sem base em provas”.

Na coletiva, David falou sobre os áudios atribuídos a ele e disse que mais de 700 pessoas serão processadas.

“Um relatório que não diz nada, não leva a nada. Só encheção de linguiça. Esse dossiê se serve como piada está de bom tamanho”, disse o prefeito de Manaus.