Trabalhador morre após ter pescoço cortado por linha de cerol em Manaus

Compartilhe:

O jovem Daniel da Silva Rodrigues de 20 anos de idade, trabalhava como entregador de uma drogaria, acabou morrendo ao ter o pescoço cortado por uma linha de cerol.

A fatalidade aconteceu na avenida Cosme Ferreira, zona leste de Manaus.

O jovem estaria indo entregar um medicamento quando teve o pescoço cortado. A vítima ainda conseguiu andar um pouco e pediu socorro para uma equipe policial que estava próxima.

Ele foi levado ao hospital João Lúcio, porém não resistiu ao ferimento e morreu.

A vítima morava no bairro Zumbi dos Palmares.

Familiares da vítima entraram em desespero ao receberem a notícia do óbito.

Prestamos nossas condolências aos familiares e amigos do jovem. Que Deus o receba em seus braços.

Esperamos que as autoridades tomem alguma providência para que evite a esse tipo de fatalidade.

O jovem deixou uma família, esposa e um filho de 3 meses, deixou pais e irmãos em sofrimento, deixou parentes e amigos inconsoláveis.

Com isso, ninguém será punido, pois não foi a primeira vez e nem será a última. Se isso não começar a ser controlado outras pessoas se tornarão vítimas.

Fonte: Fofoka Amazonas