Weather Data Source: Tempo para os próximos 25 dias

Cientista se disfarça de pássaro por um ano para ‘fazer amizade’ com aves

Compartilhe:

Tóquio – Um cientista japonês que passou um ano disfarçado de pombo para tentar ganhar a amizade e confiança de outros pássaros falhou miseravelmente na missão. A ideia foi de um especialista em pássaros anônimo, que teve a foto inglória divulgada pelo colega Toshitaka Suzuki, professor associado da Universidade de Tóquio.

O especialista frequentou as florestas da cidade de Nagano, na região centro-sul do país, para tentar se aproximar de grupos da espécie chapim-real (Parus major) e aprender um pouco da linguagem usada por eles. Mas esses animais espertos mudam o canto quando se sentem ameaçados, inclusive com a presença humana, o que complicava a pesquisa.

Mais do que isso: estudiosos perceberam que a ave é capaz de memorizar rostos humanos e imediatamente emitir gritos de alerta quando avistam um rosto conhecido que consideram perigoso.

Após ser considerado persona non grata pelos chapins da região e achar quase impossível estudar a linguagem e cantos deles sem uma abordagem melhor, o especialista resolveu apelar para um belo disfarce, segundo Suzuki.

Para tristeza do cientista, os cantos continuaram os mesmos — aparentemente, não é apenas o rosto que os chapins memorizam.

Mesmo após um ano de tentativas, o ornitólogo não conseguiu colher os dados necessários, mas ao menos entrou para a posteridade com essa bela foto e história.

Fonte: D24am.