Weather Data Source: Tempo para os próximos 25 dias

Greta Thunberg é presa na Suécia após promover bloqueio de navios petroleiros

Compartilhe:

Mundo – A ativista do clima Greta Thunberg foi presa em um protesto contra petroleiros na Suécia. A informação foi noticiada pelo jornal britânico The Telegraph na noite da segunda-feira (19).

Greta já protestava havia cinco dias no porto petroleiro da cidade de Malmö. Ela estava na companhia de ativistas do movimento Ta Tillbaka Framtiden (“Pegue de Volta o Futuro”, em tradução livre) quando foi levada pela polícia sueca.

Dois dias antes da prisão, Greta Thunberg publicou no Twitter que estava bloqueando navios petroleiros no Porto de Malmö. “A crise climática é uma questão de vida ou morte para inúmeras pessoas”, disse a jovem militante sueca. “Escolhemos parar fisicamente a infraestrutura de combustível fóssil. Estamos reivindicando o futuro”, completou.

Greta tem 20 anos de idade. No dia 16 de junho, ela se orgulhou de ter bloqueado a reunião sobre o clima do governo sueco ao lado de outros ativistas. “Convidaram os maiores poluidores da Suécia, mas não cientistas do clima, jovens e movimentos do clima” disse ela.

“Precisamos que as pessoas entrem, e os poluidores saiam”, exigiu. Greta Thunberg já foi presa diversas outras vezes, inclusive na Alemanha e na Noruega, onde protestou contra um parque eólico. Ela viralizou com seu discurso na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2018 (COP24).

Créditos: Revista Oeste