Weather Data Source: Tempo para os próximos 25 dias

Homem invade casa de família judaica aos gritos: ‘Mate o povo judeu’

Compartilhe:

Estados Unidos- Um homem invadiu a casa de uma família judaica em Los Angeles, no estado americano da Califórnia, e a ameaçou de morte, enquanto gritava “liberte a Palestina” e “mate o povo judeu”. O suspeito, identificado como Daniel Garcia, foi preso, e o incidente está sendo investigado como crime de ódio, segundo o jornal local LA Times.

O proprietário da casa, Mendel Meyers, relatou à NBC Los Angeles que a esposa dele, que está grávida, acordou quando o suspeito entrou no quarto. Para se defender, ele fingiu que tinha uma arma e ameaçou atirar no invasor.

“Eu pulei da cama e o empurrei para fora. Na sequência, gritei com minha esposa: ‘Me dá minha arma’”, afirmou Meyers.

“Eu gritei: ‘Vou atirar em você’. Ele ficou com medo e disse ‘não atire, não atire’, mas continuou falando ‘liberte a Palestina, liberte a Palestina’ e ‘é preciso matar o povo judeu’”, acrescentou

Imagens transmitidas pela Fox News mostraram o suspeito gritando, repetidas vezes, “liberte a Palestina”, ao ser colocado em um carro da polícia. O Departamento de Polícia de Los Angeles informou à emissora que a família estava visivelmente abalada, mas ninguém ficou ferido. As autoridades acreditavam que o invasor estivesse sob o efeito de drogas e notaram que ele estava vestido somente com roupas íntimas.

Ataques antissemitas vêm aumentando pelo mundo desde o dia 7 de outubro, quando o Hamas realizou um ataque-surpresa contra Israel, que iniciou uma contraofensiva e declarou guerra ao grupo terrorista. Nesta quarta-feira (25), um grupo de estudantes judeus se abrigou em uma biblioteca da Universidade Cooper Union, em Manhattan, em Nova York, enquanto manifestantes gritavam, em coro, “Palestina livre”, do lado de fora do local. Segundo a polícia de Nova York, os universitários foram escoltados com segurança para fora do local.

Fonte: D24am.