Weather Data Source: Tempo para os próximos 25 dias

‘Bolacha’ investigou a vida de empresário antes de m4tá-l0 em Manaus

Compartilhe:

Manaus- Adriano Fogassa Almeida, 24, conhecido como ‘Biscoito’ ou ‘Bolacha’ deu detalhes sobre a morte do empresário Rafael Moura Cunha, 40, no dia 2 de dezembro de 2021. ‘Biscoito’ relatou em depoimento à polícia, que esteve em várias reuniões e estudou a vida do empresário para cometer o crime.

‘Biscoito’ relatou ainda que saiu perdendo no plano, isso porque, não recebeu a quantia acertada para matar o empresário.

”Ele disse ainda que não sabia os motivos da morte da pessoa, afirmou que saiu no prejuízo,  foi enganado e recebeu apenas a quantia de R$ 1.000 sobre o crime, ele contou ainda que após receber essa quantia os outros envolvidos foram presos e acabou que não recebeu o valor completo pela morte do empresário”, contou o delegado Ricardo Cunha.

‘Biscoito’ foi preso na última sexta-feira (11). O sócio de Rafael, Julian Larry Barbosa Soares, 35, já havia sido preso no dia 8 de abril de 2022, por envolvimento na morte do empresário. Segundo a polícia, o suspeito é o mandante do crime. A prisão aconteceu no Blend Café Lounge, no bairro Parque Dez, zona centro-sul de Manaus.

Outro homem identificado como Alinelson foi preso no dia 25 de março de 2022. A informação da prisão não foi divulgada para não atrapalhar as investigações.

Sobre o crime:

O empresário Rafael Moura Cunha, 40, foi assassinado no dia 2 de dezembro de 2021.

Uma câmera de segurança registrou o crime. Imagens mostram o empresário saindo do estabelecimento, quando foi surpreendido por um criminoso, que chegou no local em uma motocicleta.

Fonte: D24am.