Depois de descobrir chifre, policial mata amante do marido

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Brasil – Uma mulher, identificada como Isadora Calheiros, de 25 anos, foi assassinada a tiros na porta de casa na última sexta-feira (26), no bairro São Roque, em Queimados, no Rio de Janeiro. A principal suspeita é uma policial civil que confessou o crime.

Familiares da vítima contaram que ela tinha um envolvimento amoroso com o marido da policial, de família bastante conhecida na cidade.

Isadora trabalhava como recepcionista em uma autoescola e deixou uma filha de 6 anos, deficiente física.

Na segunda-feira (29), a própria policial prestou depoimento na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, entregou a arma e a carteira funcional de policial civil e logo em seguida foi solta.

A suspeito confessou o crime e alegou ter descoberto uma suposta traição do marido com Isadora.

O caso segue sendo investigado.