Weather Data Source: Tempo para os próximos 25 dias

MP pede condenação de jovem que atropel0u mulher em ponto de ônibus em Manaus

Compartilhe:

Manaus –  Nessa segunda-feira o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) pediu a condenação do jovem de 22 anos que atropelou a auxiliar de serviços gerais Andréia Trindade, de 46 anos. A vítima morreu após ter sido atropelada, no momento que estava em um ponto de ônibus na localizado na Avenida Coronel Teixeira, na altura do bairro Santo Agostinho, Zona Oeste de Manaus. O caso aconteceu no dia 26 de dezembro de 2022. A vítima veio a óbito no local.

De acordo com a promotora do MP-AM, Maria Eunice Bittencourt, o jovem deve responder pelo crime de homicídio culposo (quando não há intenção). Ele também responderá pela agravante de omissão de socorro. Ele respondia  em liberdade pelos crimes de homicídio simples e lesão corporal.

Atropelamento

Andréia Trindade, de 46 anos, morreu após ter sido atropelada por uma picape que invadiu o ponto de ônibus. A vítima aguardava o coletivo para ir ao trabalho.

De acordo com testemunhas, a vítima foi arremessada contra um poste após ser atingida pelo veículo.

No momento do acidente, a mulher estava acompanhada do marido. Os dois tinham estacionado uma motocicleta do outro lado da avenida e atravessado a via, para que ela esperasse o transporte coletivo na parada. Do ponto de ônibus, a vítima seguiria para o trabalho.

Enquanto os dois aguardavam a chegada do ônibus, a picape invadiu a parada e acabou atingindo a mulher. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Com o impacto, uma placa de publicidade do ponto de ônibus ficou destruída. O marido da vítima teve escoriações pelo corpo e foi levado para um hospital.

Câmeras de segurança registraram o momento do acidente.

CM7