Weather Data Source: Tempo para os próximos 25 dias

Pai mat4 filhas a fac4das e ateia fogo nos corp0s para se vingar da esposa: ‘Elas pediram para não serem mort4s’, diz delegado

Compartilhe:

Brasil – O motorista de aplicativo identificado como Ramon de Souza Pereira, segue foragido da polícia, ele é suspeito de matar a facadas as duas filhas de 4 e 8 anos de idade e depois atear fogo no carro com elas dentro. O homem avisou que cometeria o crime durante uma ligação com o avô das meninas. De acordo com o delegado Humberto Teófilo contou que o avô das meninas ligou para o genro e foi possível ouví-las pedindo para que ele parasse.

“Elas pediram pra não serem mortas”, disse o delegado.

“Foi possível ouví-las gritanto, pedindo ‘não faz isso’. Um delas até pediu para fazer xixi e ele não deixou”, completou.

O crime aconteceu nessa última segunda-feira (22), na GO-462, em Santo Antônio de Goiás. Segundo o delegado, o homem disse na ligação que iria matar as filhas para vingar uma traição da esposa.

De acordo com o delegado, depois de flagrar a traição o homem agrediu a esposa, em seguida ele pegou o carro da mulher e foi até a escola buscar as crianças.

“Ele normalmente não busca as crianças na escola, ontem ele foi. Então ele pegou as duas lá e não voltou para casa”, disse o delegado.

A Polícia Civil informou que depois do crime Ramon de Souza Pereira fugiu para uma região de mata.

“Não faz isso”

De acordo com a policia, as crianças chegaram a pedir para que não fossem mortas: “Não faz isso”. O pedido foi mostrado à corporação pelo avô das crianças, que gravou uma ligação com o pai das meninas. 

Teófilo relatou que os avós das vítimas estavam desesperados quando pediram ajuda para a polícia. Ainda segundo o investigador, Ramon homem agrediu a esposa após saber da suposta traição. No dia do crime, ele pegou o carro da mulher, buscou as meninas na escola e não voltou para casa. O homem está foragido desde o crime.

CM7