Polícia cumpre mandado de busca e apreensão contra Nego do Borel e apreende R$ 473 mil em espécie

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

O cantor Nego do Borel é alvo de ação das Polícias Civil de São Paulo e do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (28/1). A ação é uma determinação da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em São Paulo, que investiga denúncias da atriz e ex-noiva de Nego do Borel, Duda Reis.

A Policia Civil do Rio de Janeiro cumpriu um dos mandados na mansão onde o cantor Nego do Borel mora. No local, foi apreendido o passaporte do cantor e R$ 473 mil em espécie. Segundo os investigadores, o dinheiro será encaminhado para a Justiça de São Paulo.

O outro mandado foi cumprido em São Paulo, no endereço onde Nego do Borel se encontrava. Ali, foram apreendidos telefones e um computador.

Duda Reis, a ex-noiva do cantor acusa Nego de agressões moral e sexual, além de tê-la afastado da própria família.

Nego do Borel nega todas as acusações. Ele também prestou queixa contra a atriz, por injúria, calúnia e difamação.

No dia 15 deste mês, a Polícia já havia encontrado uma réplica de fuzil na casa de Nego do Borel, usada para a prática de airsoft. O artista ainda não se manifestou sobre as novas apreensões.